Convenção Pilates Institute Hungria 2008

Pilates em budapeste

O prazer de fazer parte do primeiro evento de Fuzy Gabor na Hungria como presenter internacional

 

Convenção de Pilates organizada pelo Fuzy Gabor

A convenção organizada pelo Fuzy Gabor em Budapeste, incluiu um dia intenso de trabalho e um dia de lazer, com direito a visita guiada pela cidade.

A convenção, na Faculdade local de Educação Fisica, foi realizada nos pavilhões do campus universitário, entre os colchões do salto em altura, balizas, cordas, num ambiente fervilhante, com gente vinda de todo o país e dos países vizinhos. Dei as minhas três sessões, uma delas com um excerto no youtube (cortezia do Orlando Lopac da Eslovénia…

budapeste-pilates-1

Ainda bem que respiramos muito no nosso método, porque quase não deu para respirar, comer, ou descansar as pernas dois segundos… No final do dia, depois de tudo terminado o balanço foi fantástico.

As pessoas que vieram adoraram, e o Pilates Institute por lá subiu mais uns pontos na excelente reputação que já tem. Depois, jantar com a equipa local e o grupo da Eslovénia. No jantar descobri que um dos meus alunos na convenção é um famoso actor esloveno, com site, clube de fans e tudo, instrutor de Pilates muito conhecido. Simpático, muito giro, e fã de Portugal.

Ele e a esposa vieram cá de férias e adoraram

No dia seguinte, banhos. O palacete amarelo dos banhos públicos é lindo. Depois de pagar a entrada, somos encaminhados para umas pequenas cabines numa zona de vestiários mista. Duche e estamos prontos a seguir para as piscinas interiores.

Começamos pela piscina quente. O meu corpo fica feliz, sou muito friorenta e a temperatura é deliciosa. Quando saimos vamos directamente para uma piscina gelada. Choque térmico, estranho, mas estranhamente agradável, e voltamos para uma piscina tépida. Banho turco, misto, cheio, aproveito para me deitar no estrado de madeira. Apanhada desprevenida sem roupa própria, estou com um top de dar aulas e com uns calções de homem emprestados que se enchem de ar cada vez que entro na àgua.

Não percebo como é que os homens gostam da sensação. Parece que vou flutuar e subir no espaço. Saimos para o exterior. Na piscina ao ar livre, grupos de pessoas conversam dentro de àgua. Há quem leia e quem jogue xadrês. Apetecia-me ter um livro e ficar por alí.

budapeste-pilates

De volta ao interior, mais duas piscinas e estou de volta ao duche. Roupa quente e estamos de saida. Almoço e visita ao palácio onde decorre o Festival de Vinhos. Depois da subida no pequeno elevador, com vista sobre o rio e as duas cidades que hoje se fundem numa só, chegamos à entrada. A paisagem é magnifica. O ar começa a refletir o início do Outono, a luz brilhante e o ar mais fresco, fazem-me perceber que acabou o Verão.

Pagamos. De copo pendurado ao peito entramos nos jardins. Pequenas casinhas de madeira representam os vinhos da região. As senhas que adquiri dão para provar diferentes aromas, e partilhar um prato de queijos locais. Depois de um dia fantástico, o caminho do aeroporto.

Mais umas horas de espera, uma sesta mal dormida no avião, e estou de volta a Lisboa. É só pegar o carro e voltar a casa. Amanhã começa mais um novo dia de trabalho.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *